Boas notas

Boa tarde, paulistanos de nascimento e paulistanos adotivos!

Essa semana descobri um cd inspirador, o “The Hours” – trilha sonora do filme que leva o mesmo nome, de autoria de Philip Glass. Confesso minha ignorância, ainda não conhecia o trabalho do Philip. Mas a boa notícia é que agora não somente viciei nas músicas, como indico aos que gostam de músicas instrumentais que soam como poesia para alma.
Agora, o filme mesmo, ainda preciso assistir. Prometo que volto aqui para contar o que achei.

Quem ficou curioso, pode baixar o cd aqui.

Essa dica veio do meu professor de violão, Celso Ricardi.
O Celso também tem um trabalho instrumental muito bonito (no estilo lounge), que faz sucesso principalmente no exterior. Com gravadora italiana, ele lançou o cd “Better Future”, que pode ser conferido aqui.

E, como o assunto é música boa, fica a dica: hoje tem show de Tó Brandilene, às 22h no Ao Vivo Music. No show “A grama do vizinho” ele interpreta composições próprias e de amigos, que certamente estarão por lá para uma participação especial (gente, ele tem amigos de peso, como: Vinicius Calderoni, Dani Gurgel, Pedro Altério, Dani Black, Pedro Viáfora…não é pouca porcaria não!).
Eu não poderei comparecer dessa vez. Portanto, se você for, por favor não me esnobe.

Um pouco mais de Tó Brandileone (guardem esse nome!), com música de Vinícius Calderoni.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s